Bailarina


 Lembra aquele dia
Em que comprei um livro naquela banca vazia?

Deitado na sua cama lia
Enquanto massagem no meu pé fazia

Lembro do seu olhar entre minhas coxas
E o sol que batia em retângulo nas mobílias
Soando ao fundo risadas e fumaças

No computador as linhas de áudio que não entendia
Entre as minhas folhas o diálogo que não compreendia
...

À noite como nós dois
Ia