Ensaio sobre Saramago


Falar de intolerância é praticamente escovar os dentes, faz parte da minha vida diária...

Ultimamente tenho andado calado, observando algumas coisas. Isso tem sido válido, me da tempo pra pensar com calma nas coisas que acontecem e como eu lido com elas. É alarmante perceber que muitas vezes quando se luta contra esse sociedade heteronormativa e antropocêntrica, você cai no gosto e escorrega no mesmo erro que eles, acaba se fechando parcialmente pra opiniões que divergem das suas, e é ai que mora - O Perigo. Ainda bem que ainda existe um ser velhinho que não desistiu do mundo, e que bom é acordar e ler seu blog sem pretensão intelectual nenhuma, ler só por ler, por gostar, por compartilhar o animo de um certo José Saramago. Mas assim seguimos aprendendo. Então fica assim, quanto mais certeza você tiver de uma coisa, mais dúvide, se questione, não tenha medo de renovar seu conceitos, suas idéias; e sempre esteja aberto pra outros pontos de vistas, por que depois de um longo tempo de cegueira abrir os olhos dói, mas é uma delicia ver as cores de novo.
José Saramago [http://caderno.josesaramago.org/]
*Foto por Dhandara.

Marcadores: