Crises

Crises, financeiras, emocionais, psicoterápicas, existenciais, com o cabelo, de moda, dos 30, dos 40, dos 60, estéricas, de rinite, bronquite, ite, ite, ite... Crises de identidade, de energia, arquitetonicas, de temperatura, asmáticas, de criatividade, dramática, dramatúrgicas, de memória, de um relacionamento... Crises infinitas que se múltiplicam no vacoo e são transmitidas a todos nós...

... Escrever por si só já é um ato de crise, não que ler não seja é claro.

Marcadores: ,