nem por falta, nem por exesso

As vezes me pego a pensar em trivialidades da vida, algo que envolve uma foca e fogos de artifício. Eu sempre fui mutante, mutável, o fato é que independente disse eu vejo as coisas mudarem em passos lentos. Tento ser sincero, mas hoje não sei mais se é isso que quero, hoje busco a pausa no meio de tanto barulho, talvez seja uma maneira de ficar em paz, de respirar afinal.

* Foto por Leco Vilela